Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria Amélia

Não nos devemos demorar onde não somos felizes... Não há nada que a persistência não alcance...o que importa é o que tu queres!

Maria Amélia

Não nos devemos demorar onde não somos felizes... Não há nada que a persistência não alcance...o que importa é o que tu queres!

BENEFÍCIOS DO IOGURTE

O consumo regular deste alimento é aconselhado, tendo em consideração que disponibiliza nutrientes extremamente importantes para o organismo e indispensáveis à alimentação saudável.

transferir.jpg

 

Benefícios nutricionais do iogurte

Sendo um derivado, ou seja, produzido a partir do leite, o iogurte herda os seus benefícios nutricionais. O consumo regular de iogurte é muito interessante do ponto de vista nutricional, tendo em consideração que disponibiliza nutrientes extremamente importantes para o organismo e indispensáveis à alimentação saudável. Os principais são:

- Proteínas de alto valor biológico, ricas em aminoácidos essenciais, de qualidade equivalente ás da carne, peixe e ovos.

- Minerais, de que se destaca o cálcio, que tem a particularidade apresentar uma elevada biodisponibilidade, sendo facilmente cedido e absorvido pelo organismo, o que não acontece a outras fontes de cálcio que não são derivadas do leite como, por exemplo, os vegetais. Deste modo o iogurte, queijo e leite são os alimentos que mais ativamente contribuem para a calcificação dos ossos, em todos as fases da vida, prevenindo a osteoporose.

- Vitaminas, particularmente do complexo B, mas também a vitamina A.

Adicionalmente o iogurte é um alimento com uma boa digestibilidade, com uma boa tolerância digestiva (apesar de conter lactose, o iogurte pode ser uma opção para certas pessoas que apresentam dificuldades na digestão deste açúcar porque as bactérias lácteas do iogurte ajudam à separação da lactose nos dois açúcares que a compõem, a glicose e a galactose). Além disso, este exerce efeitos benéficos a nível intestinal, ajudando a melhorar o funcionamento do intestino.

images (2).jpg

 

Os iogurtes nas dietas

Atualmente, existe uma tomada de consciência crescente quanto à necessidade de efetuar dietas com rigor e critério, atendendo a que a eliminação de determinados alimentos implica carências nutricionais graves, com as consequências perniciosas para a saúde que daí poderão resultar. O leite e os seus derivados (iogurte e queijo) não são alimentos a eliminar quando se inicia um regime. Antes pelo contrário, como decorre da análise dos seus benefícios nutricionais.

É por incluir alimentos tão ricos como o leite e os seus derivados numa alimentação hipocalórica que se evitam potenciais deficiências de nutrientes fundamentais. O leite e o iogurte são, além disso, alimentos de baixo valor calórico, que é ainda menor se a opção recair sobre a variedade magra. Iogurtes e leites magros têm a mesma riqueza nutricional que os que se apresentam na variedade meio gordo, tendo apenas um teor inferior de gordura. Assim sendo constituem a opção para um aporte calórico ainda menor.

foto.jpg

 

#blogmariaamelia 

5 comentários

Comentar post